[VEIA CRIATIVA] Poema – Sirena pernambucana

 em Criatividade, Veia Criativa

Me diz então como não se encantar.
Por teu cheiro de maresia.
Teu sol marcado na pele.


Teu gosto salgado das ondas do mar.
Teu sangue doce correndo sem parar.
Teu gingado que dá ritmo aos sons da Moeda.
Teu olhar de morena tropicana a me encantar.
E é assim que me deixo apaixonar.

Postagens Recentes
Vamos conversar?

Em breve um de nossos consultores entrará em contato.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt