10 passos para o pitch perfeito

 em Gestão

O “pitch” é uma apresentação curta, com objetivo de apresentar a sua ideia a alguém. É comum que apresentações durem cerca de 5 minutos. Um bom pitch deve explicar bem a ideia mas também considerar o interesse do investidor focando em lucro. Aprenda mais como vender sua ideia usando um belo pitch lendo esse post!

Seja realista mas conte uma história


Toda boa história marca, tenha em mente isso ao começar o seu pitch. Seja verdadeiro ao apresentar dados e informações, faça as pessoas experimentarem a mesma visão que você. Demonstre a paixão que tem pela sua ideia. Veja mais o que David S Rose fala sobre uma boa apresentação. (https://www.ted.com/talks/david_s_rose_on_pitching_to_vcs?language=en#t-681333 )

Troca de ideia no elevador


O pitch a principio deve ser curto com uma conversa de elevador. Enquanto o elevador desce pelos andares você conta sua história. Lembre-se de mesmo uma conversa curta deve estar munido de informações auxiliares para perguntas que requerem respostas honestas e realistas. Responda as questões abaixo de forma que acumule a maior quantidade de informações e depois resuma para um pitch breve.

Problema


Ao iniciar o Pitch conte sua história. Como conseguiu visualizar o problema, quem sofre esse problema? Tente inserir as pessoas a visualizarem o problema da mesma forma que você. Olhando de dentro, quanto mais frequente e difícil o problema mais atrativo se torna a solução.

O mercado


É preciso ter todas as informações possíveis do mercado. Concorrentes, público direto, indireto e fatores influenciadores por exemplo. Neste aspecto deve fazer uma pesquisa aprofundada para que não se perca em informações irreais. Ao apresentar no Pitch seja sucinto e realista, mostre diretamente onde esta a oportunidade ao solucionar este problema. Quanto isso pode ser impactante e se de fato tem mercado para tal. Responda as perguntas de forma honesta e realista, não é o momento de por expectativas e objetivos. Diga como o mercado está atualmente.

Solução


Este é o momento de solucionar o problema apresentado. Não entre em muitos detalhes da criação. Conte a história de como isso vai facilitar a vida do público. E o quanto essa inovação pode mudar o mercado.

Modelo de negócio


Esta é a parte que você faz seu show. Já falou o que seu produto faria, agora traga soluções do porquê alguém deve investir em você. É preciso mostrar o lucro que é possível obter. Explique com detalhes formas que podem fazer sua ideia ter ótimos rendimentos financeiros, diretos e indiretamente.

Competidores


Se ainda não falou sobre os concorrentes este é o momento. Fale de no máximo 2 competidores de peso. Relacione as informações de mercado baseado neles e considere ter informações sobre as forças, fraquezas de cada um e relacionar as ameaças que podem surtir em você e as oportunidades que pode trabalhar.

Resultados


Conte o que já conseguiu fazer até agora. Este é o momento de por as cartas na mesa. Quão próximo está a realidade da expectativa. Mostre os resultados reais com o baixo orçamento e as possibilidades com um orçamento necessário. Ter dados documentados sobre esse progresso é importante para futuras pesquisas e respostas a perguntas. Não entre em muitos detalhes de como o processo está sendo feito, foque nos resultados.

Equipe


Conte sem muitos detalhes os profissionais que formam o teu time. Qual a expertise deles e o quanto você confia em suas habilidades. Se possível deixe em aberto adquirir novos conhecimentos se oferecidos. Permita-se confiar em seu time e demonstre compromisso em seguir cronogramas. Lembre-se, um investidor ele não vai dar apenas dinheiro, vai fazer parte de sua equipe também.

Investimento


E por ultimo e possivelmente o mais importante. Quanto você vai precisar?
É importante que saiba exatamente o valor que quer pedir, valor abaixo ou acima do mercado significa que não houve uma pesquisa adequada. Entender o quanto pode lucrar com esse investimento tanto para a empresa como para o investidor é o mais importante. Saiba trabalhar o tempo que pode ter esse retorno financeiro do investimento. Um plano otimista, um realista e um plano de contingência caso algo dê errado. Nesse momento a autoconfiança é importante, fique seguro das informações que possui e se coloque no lugar do investidor. Se fosse você no lugar dele, investiria o valor pedido?

Gostou mais de saber como fazer um pitch perfeito da sua empresa? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu recado nos comentários e até o próximo post!

Postagens Recentes
Vamos conversar?

Em breve um de nossos consultores entrará em contato.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt