O preço que você cobra por seus produtos/serviços pode estar errado!

 em Empreendedorismo, Gestão

Estabelecer um preço pelo serviço ou produto da sua empresa pode acabar gerando mais complicações do que soluções. Para o crescimento do seu negócio é importante determinar um preço certo, analisando todos os fatores que interferem na produção do seu serviço, sejam os recursos, as pessoas envolvidas e o tempo dos profissionais. Aprenda mais sobre o processo de precificação!

Aquela velha história de que tempo é dinheiro.


Mas o que é o preço certo?

O preço certo é encontrado quando ele possibilita o fluxo positivo do caixa da sua empresa. A margem considerável de lucro é o que que permitirá sua empresa de continuar crescendo.

Algumas organizações acabam sendo pressionadas pelo preço da concorrência e pelo cliente, na ideia de relevar o quanto ele está disposto a pagar, e por isso acabam com um preço mais baixo que o necessário ou para manter o negócio vivo. É importante lembrar que nem sempre o valor tem tanta influência para o cliente se o serviço prestado será bem feito; ou seja, saiba vender o seu produto/serviço demonstrando a competência da empresa, assim o valor não será um problema.

O preço baseado no custo é o tipo de precificação padrão, a mais conhecida e usada por agências de produção, através dele é calculado quanto custa para produzir o serviço/produto. São os fatores: o valor hora, custos operacionais, custos fixos, impostos e margem de lucro.

 

Valor Hora


Definir o valor da hora trabalho é essencial para chegar no preço final do seu serviço. O valor hora é a agregação/soma do salário, impostos e benefícios, no fim divididos pela quantidade de horas trabalhada no projeto.

 

Custos 


Operacional:

Esses são os custos de despesas relacionados diretamente a operação ou funcionamento de algum recurso específico da empresa. Como por exemplo: Pagamento de prestadores de serviços, material de produção e etc.

Fixos:

Os custos gerais da empresa, como aluguel, energia, água, material de escritório, etc, depois de somados todos esses custos dividimos pela quantidade de clientes que tem na empresa.

 

Margem de Lucro


A margem de lucro forma o preço final de um produto e sua lucratividade para empresa. É uma porcentagem inserida aos custos totais do produto.

Gostou do nosso post ou tem algo para acrescentar? Deixe seu comentário.

Até a próxima!

.

Postagens Recentes
Vamos conversar?

Em breve um de nossos consultores entrará em contato.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt